domingo, 24 de abril de 2016

GOL 1981 Motor 1,6 Propaganda de Lançamento

Brasil, 1980. Início de uma década que deixaria saudades em muita gente !

Após o lançamento de seu novo compacto, o GOL, o carro que veio substituir o tradicional Fusca, a VW preocupa-se com o decrescente número de vendas após o impacto da novidade. Consumidores e imprensa gostaram do carro, das linhas modernas e estabilidade, porém o motor 1300 do Fusca, refrigerado a ar foi um tremendo "chute na trave" da VW. O motor por demais fraco e antiquado era aceito num Fusca pela tradição, mas lançar um carro todo novo com um motor velho foi uma bola murcha total !

Nisso em 1981 é lançado o motor boxer 1600 como opcional para o Gol, com um motor com mais torque e potencia o carro transforma-se, e as vendas reagem. Ainda não foi o chute certeiro que a empresa só daria por volta de 1985 com o Gol com motor MD270 à água, na época o carro com melhor custo-desempenho do Brasil.

Esta propaganda foi enviada pelas concessionárias VW a clientes e possíveis clientes. Meu pai a recebeu pelo Correio e eu a guardei todos estes anos. Um ano depois meu pai tiraria uma Brasilia LS última séria, preferindo-a ao Gol por causa do espaço interno.
Propaganda muito bem pensada, comparando o carro com um Touro bravo, com dizeres em língua espanhola.



Tive dois Gols, um BX 1985 com este motor "arrebatador"e um GTS 1990 com o potente 1.8 a água. O desempenho na cidade era bom, um carrinho gostoso de dirigir, divertido, com a suspensão macia e que se pisasse forte nas curvas chegava a levantar a roda interna ! Mas era só retomadas ágeis na cidade que divertia, porque na hora que pisava pra ir na estrada o desempenho era bem aquém do desejável. O carro custava a passar dos 80 por hora, tal qual um Fusca. Ia rápido até os 80, depois demoraaaaavaaaa um tempão com o giro lá em cima. O Touro tinha uma arrancada boa, mas não tinha fôlego pra correr muito ! O GTS era a antítese disso, ultra divertido a começar do ronco do escapamento, bancos Recaro e interior caprichado. Era outro carro praticamente !

Novo Conhecer

Novo Conhecer foi uma coleção em fascículos, da Editora Abril, colecionei vários números em 1980. Numa era sem a facilidade da Internet,  coleções assim e enciclopédias eram atrativos e ultra interessantes para os ávidos de informação !







Todas as fotos : Xracer

segunda-feira, 18 de abril de 2016

FIAT 147 L - Prospecto de Lançamento

Guardo a anos o meu primeiro prospecto de automóvel, aquele que consegui ainda quando garoto em 1976, sobre o lançamento do FIAT 147 no Brasil e vou compartilhar aqui com todos. Este material é bem raro e  inédito na Internet ! Já se passaram 40 anos !!!
O Fiat 147 foi um carro revolucionário quando lançado no Brasil, primeiro veículo da nova fábrica brasileira apos muitos anos, a FIAT lançou um carro com motor transversal e tração dianteira, o primeiro fabricado no Brasil, em que havia grande aproveitamento do espaço interno, aonde até o pneu de estepe ficava na frente em cima do motor, aonde o pequeno motor de 1050 cm3 rendia muito mais e bebia muito menos que seu principal concorrente, o VW 1300L, o popular Fusca.
Palavras proféticas do fabricante FIAT logo no início, dizendo que vieram pra oferecer novos produtos, revolucionando a indústria automobilística no Brasil, após muitos milhões de carros  chegariam ao posto de primeiro fabricante em quantidade de veículos no Brasil.

O estilo era condizente com a época, com traseira inclinada e 3ª porta, por abrir totalmente.
Acabamento simples e ao mesmo tempo caprichado, o espaço interno que surpreendia. Lembro-me de ter entrado no carro em exposição na Feira Agropecuária de Goiânia (foi aonde ganhei este prospecto) e movido o volante, pra um garoto de 9 anos era novidade total essa interação livre com os automóveis em exposição !
Note os interruptores, são novidade por serem quadrados, numa época que os carros os tinham redondos. Em 1977 o Ford Corcel ganharia interruptores desse formato, antes de mudar a carroceria. Outro item diferente era a alavanca de comando do limpador do párabrisas do lado direito do volante. O botão do esguicho (manual) era ali abaixo da coluna de direção, com o rótulo "LAV".
Lembro do escapamento original desse carro e o barulhinho característico, principalmente quando tirava-se o pé do acelerador.

O motor era sem dúvida um destaque pela potência específica alta (brutos quase 55 cavalos por litro) e contido consumo. Lembro-me de andar num desses de um amigo e o bichinho esticava as marchas com gosto quando pisado, um carro muito divertido e estável !
Segurança, palavra que foi trazida à lembrança do consumidor com este carro, numa época aonde se fabricava ainda automóveis com colunas de direção inteiriça e aonde o Fusca costumava abrir as portas nas curvas se mal fechado ou ajustado (imagina isso sem usar os cintos de segurança!). Este carro já tinha a filosofia de deformação programada chamado Estrutura Diferenciada, com as extremidades deformando mais e o meio do carro protegendo os ocupantes. Comparando com seus concorrentes Fusca e Chevette era superior por já usar os pneus radiais e ter a válvula corretora de pressão de freio na traseira, evitando travagem dos pneus em freadas fortes.
Dentre os opcionais coisas básicas ficaram de fora, como o espelho retrovisor direito, mas foram lembrados o filtro de ar banhado em óleo para estradas poeirentas e vidros traseiros basculantes, pra amenizar o calorão tropical nosso. Desembaçador do vidro traseiro e rodas mais esportivas (porém de ferro) eram também oferecidas.

Todas as fotos : Xracer
Conteúdo pode ser copiado desde que citado a fonte, sem fins lucrativos.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Manuais Disney - Novos e Antigos


Resolvi publicar este post que estava editando, após a noticia, divulgada em Fevereiro último (neste link), de que a Editora Abril irá relançar os Manuais Disney, a começar do Manual do Escoteiro Mirim, confirmado para o próximo dia 25 de Maio de 2016 !

Sendo fã e colecionador das revistas Disney, um material que guardo com carinho em minha coleção são os manuais Disney, a primeira série em capa dura publicada entre 1971 e 1979, que ganhei de meus pais na época e nos quais aprendi muitas coisas, tendo lido todos avidamente e com muito gosto e prazer !
Mostro alguns deles neste post.

O manual sempre é consultado pelos Escoteiros Mirins em suas estórias.


Dois manuais muitos interessantes e diferentes, o Manual da Vovó Donalda traz muitas receitas e curiosidades sobre alimentos e receitas, o Manual do Peninha fala sobre a Imprensa e o Jornalismo, de uma forma surpreendentemente interessante, que prende sua atenção !


O Manual do Mickey mostra o Mickey de Paul Murry, detetive e sério, sempre desvendando crimes em Patópolis com o Pateta e o Coronel Cintra, um manual super interessante. Um Mickey que faz falta, pois a imagem dele atual é daquele camundongo de calça vermelha ou vestido da roupa do filme "Aprendiz de Feiticeiro", este Mickey é muito melhor em minha opinião !

Os vilões Mancha Negra, João Bafo de Onça e Professor Gavião participam da capa e contracapa. No início atacando o Mickey e no fim todos no Xadrez...

Este Manual da Maga e Min ficou muito interessante. Compramos ele numa viagem com a familia, em 1979, numa parada da Via Dutra, indo de SP pro RJ. Apesar do tema algo pesado, o assunto é tratado bem levemente, tiro o chapéu da equipe da Editora Abril ao selecionar e editar os assuntos abordados.
Os quatro manuais abaixo e mais o do Escoteiro Mirim foram os meus primeiros manuais. Aprendi muitas coisas neles quando criança !
O Manual do Tio Patinhas aborda o dinheiro e a economia e Mercado financeiro. Também fala sobre a vida de grandes capitalistas e empresas, muitas curiosidades, como o nome das moedas (dólar, libra,etc) ao redor do mundo. 
As estórias em quadrinhos do Tio Patinhas são mostradas com narração e ilustrações, as melhores são quando ele disputa com seus rivais Patacôncio e McMônei e com os bandidos Irmãos Metralha e as bruxas Maga Patalógika e Madame Min. 
O Manual do Prof. Pardal era um dos meus favoritos ! Repleto de coisas pra montar ( eu fiz todos, o periscópio, caleidoscópio, etc) e história de cientistas e invenções. Fabuloso para a época, bem humorado e divertido !