quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Que música embala sua vida?

A música tem o poder de nos emocionar, de nos remeter ao passado, de mudar o nosso humor. De uma forma transcendente, somos embalados pelo ritmo e pela letra, e capturados em instantes mágicos aonde a nossa mente retrocede, as vezes, décadas.

Existe um site (http://www.thisdayinmusic.com/birthdayno1) muito interessante, que permite que você saiba qual a música estava no Top do Hit Parade na data do seu nascimento. Você começa a imaginar, se a sua mãe ouvia esta música quando estava grávida de você.

Gostei muito de conhecer a Hit Parade do dia do meu aniversário, "In the year 2525". Não conhecia a música, e amei.


Amei o estilo dos cantores, a sua afinação, a letra com um ritmo bem anos 60. Interessantemente a letra é bem futurista, e nos transporta até o distante ano 10.000 DC, bem condizente com o clima eufórico que a humanidade tomou, quando do pouso da Apolo 13 na lua neste mesmo ano.

Melhor ainda, é saber, que talvez o meu gosto por ficção científica tenha começado no ventre da minha mãe. Talvez em meio ao liquido amniótico eu já estivesse sonhando com o homem na lua, e no distante ano 10.000.

É facilmente perceptível a inocência daquela música, impressa tanto na letra como no ritmo. Provocando em muitos ouvintes, uma sensação agradável de bem-estar, por estar em ressonância com o mesmo espirito do autor e interprete da música.


Esta belíssima música, de Simon e Garfunkel, de apenas 2 anos antes. Justamente o ano que nasceu o meu irmão, XRacer. Representa claramente, este espirito inocente, que emanava de muitas músicas desta década. Ela é tão inspirativa, que me levou, em uma destas madrugadas da vida, a escrever este poema:

O som do silêncio me invade, permeia o ar ao meu redor
envolve me profundamente, enquanto escuto as palavras
que nao sao ditas por ninguem, porque nao podem ser ouvidas
por ouvidos humanos, penetram como facas no coracao

Os profetas precisam se esconder em metros subterraneos
ninguem os escuta mais, suas palavras caem por terra
sao milhares, perdemos as contas de quantos sao
profetas sem boca, nao emitem som, mas acordam pessoas

Quebram o tecido da percepcao ao nosso redor
levam nos ao profundo de nós mesmo
tocamos entao o que apenas o silencio pode revelar
aquilo que importa, aquilo que é precioso

Tolos

Somos todos nós, buscando ouvir os sons do mundo
quando tudo que precisamos ouvir é no recondito de nossa alma
a doce voz de nossa consciencia,
iluminada nao por deuses de neon ou de eletrons

Buscam em todos cantos, aquilo que estavam com eles o tempo todo
O Espirito Santo busca por aqueles que podem se calar e escutar
Por aqueles que sabem buscar alem das sensacoes, alem das vozes
Alem do silencio, podemos toca-lo, e Ele se revela a nós...

Nenhum comentário: